falconmnu@gmail.com

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

audiência na lapa foi shouw

participei de uma audiência em Bom Jesus da Lapa, por hora uma audiência muito proveitosa para os movimentos e entidades que lá participaram fora uma manhã de debates riquíssimo com ótima participação popular, percebemos que havia graus de indignação muito grande das comunidades por conta da (VALEC) ouvimos depoimentos de pessoas que estão ou já estiveram atingidas pela obra da VALEC e ferrovia, o engodo do estado que insiste com a mentira de gerar setenta mil empregos é preciso que nos mobilizemos na tentativa de frear tal projeto que atenta contra a vida do cidadão que vive da terra para tirar seu sustento não somos contra o desenvolvimento desde quando seja de forma sustentável se o porto, á ferrovia, tivesse sido projetada para servi ao cidadão de fato ai sim seria uma alternativa se não destruísse inúmeras famílias do campo nada mais nada menos que cerca de cinco mil, famílias, que serão expulsas de suas terras e o que se percebe é que o estado não tem compromisso com o cidadão Baiano, se o governo não tem por quer que estas empresas estrangeiras vão ter precisamos está atentos e mobilizados sempre para que a luta não fique no vazio sem um objetivo a causa não pode parar se a gente para o governo se fortalece e a obra com toda sua irregularidades o povo de todas as regiões tem que está mobilizados para não enfraquecer as lutas e não se insolar, vamos todos partir para uma mobilização conjuntas criar estratégias para estarmos forçando o governo a olhar mais para o povo e não deixar que obras que é prejudicial ao homem do campo e ao meio ambiente a vida social das pessoas que estão em jogo, se não nós fortalecermos as coisas ficam pior, E por isso vamos unir forças, no combate ao mal que ai está, vamos trabalhar para fortalecer as lutas de base convidando outros movimentos de luta e que defenda de fato a reforma agrária vamos tentar fazer com que todos lutem por esta causa a proposta é de que possamos está ocupando espaços públicos o que vimos em Bom Jesus da Lapa foram sinais visíveis de pessoas sofrendo consequências gravíssimas por conta das grandes empresas de minério de ferro magnésio foram depoimentos dramáticos que ouvimos de muitas pessoas atingidas por este modelo de desenvolvimento defasado assim também como a soja que já vem comprometendo a vida de muitas pessoas em especialmente as crianças da região de Barreiras, por conta de venenos que são jogados de avião de forma que é totalmente prejudicial a população da quela região Barreiras, São Desidério vem sofrendo um ataque de dizimação, por conta do mono cultivo da soja muita gente vem acarretando problemas gravíssimo de saúde sem que alguém tome uma providencia precisamos está nos mobilizando para acabar com o mau e frear nosso governo para que o estado não destrua tantas famílias para sevir ao capitalismo perverso e destruidor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário